Para frente e para o alto rumo à perfeição

E vos
renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem,
criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade. Efésios 4:23-24.

Os hábitos
errôneos precisam ser vencidos. Hábitos corretos precisam ser formados. Sob a
disciplina do maior Mestre que o mundo já conheceu, os cristãos precisam
avançar para a frente e para o alto rumo à perfeição. Esta é uma ordem divina,
e ninguém pode dizer que não pode cumpri-la. Em vez disso, cada um deve dizer:
“Deus quer que eu seja perfeito, e Ele me dará forças para transpor todos os
obstáculos que bloqueiam o caminho da perfeição. Ele é a fonte de toda
sabedoria e poder.” …
Os cristãos
devem ser portadores de luz, dizendo a todos com os quais entram em contato:
“Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” João 1:29. Devem ser exemplos de religiosidade,
representando a Cristo em palavra, espírito e ação. Sua conduta deve ser uma
cópia da conduta do Salvador. Eles devem, assim, demonstrar a superioridade dos
princípios de Cristo sobre os princípios do mundo. Devem trabalhar num plano de
ação mais elevado do que aqueles que não são cristãos. Devem introduzir a
enobrecedora influência do evangelho em cada fase da vida. Sua pureza e
utilidade devem ser uma fonte de esclarecimento a outros.
O mundo
estabeleceu um padrão que se acomode às inclinações de corações não
santificados, mas esta não é a norma daqueles que amam a Cristo. O Redentor os
escolheu do mundo, e lhes deixou Sua vida sem pecado como norma. Ele deseja que
eles se elevem acima de toda vulgaridade de palavras ou atos. … “Por isso,
cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que
vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo. … Segundo é santo Aquele
que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso
procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque Eu sou santo.” 1 Pedro 1:13-15.
Estas
palavras devem ser cridas e praticadas. Os cristãos devem ser superiores em
sabedoria, em conhecimento, em arte, pois crêem em Deus e em Seu poder. O
Senhor deseja que eles atinjam o topo da escada, para que O possam glorificar.
Ele possui um tesouro de sabedoria ao qual poderão recorrer. …
O verdadeiro
cristão adquire uma experiência que produz santidade. A luz da verdade ilumina
o seu entendimento. O brilho de seu amor pelo Redentor desfaz a nuvem que se
interpôs entre sua alma e Deus. A vontade de Deus, pura, elevada, e
santificada, se torna a sua vontade. Seu semblante revela a luz do Céu. Seu
corpo é um templo apropriado para o Espírito Santo. A santidade adorna o seu
caráter. Deus pode comungar com ele, pois a mente e o corpo se acham em
harmonia com os princípios celestiais. — Signs
of the Times, 17 de Julho de 1901.

Por Ellen G. White

Fonte: Meditação
Matinal de 1986, “Refletindo a Cristo”, página 156.

Acompanhe no Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field