O melhor agente de viagens

Viajar é muito gostoso. Quase a totalidade das pessoas que
conheço gosta de viajar. Embora a pé, Cristo viajou muito pela Judeia, Galileia
e territórios vizinhos. Paulo então, foi o recordista de viagens entre os
apóstolos do Senhor Jesus. No entanto, a motivação dessas viagens era a
pregação do evangelho e o roteiro era feito pelo Espírito Santo.
.
Minha família e eu fizemos recentemente uma longa viagem
missionária de quatro meses aproximadamente. Foi um grande privilégio atuar na
Causa do Senhor e ver a direção de Deus nas grandes e pequenas coisas. Tivemos
grande aprendizado. Louvado seja o Senhor que nos coloca onde os defeitos de
nosso caráter são evidenciados, concedendo-nos assim a oportunidade de buscar
graça em Cristo Jesus para superá-los.
Em nosso retorno, o Onipotente Agente de Viagens do Universo
nos encantou mais uma vez com Seu incomensurável amor. Perderíamos o voo
internacional, cuja consequência resultaria em alto custo e transtornos, caso
não fosse Sua direta intervenção. Tanto eu quanto minha esposa fomos  impressionados durante a oração
particular matutina que não deveríamos ir de trem de onde estávamos para o
aeroporto, distante aproximadamente 350 km.

tínhamos tudo organizado inclusive as passagens de trem compradas, mas
decidimos, graças a Deus, seguir a clara impressão colocada em nosso coração
pelo bondoso Pai Celestial. A alternativa que surgiu foi pedir a um irmão
conhecido da família que nos hospedava para levar-nos em sua Van (devido nossa
muita bagagem); ele foi contatado e pediu alguns minutos para orar antes de responder-nos.
Sua resposta veio rápida e positiva, fundamentada em um verso bíblico tirado de
sua caixinha de promessas: “Ao SENHOR empresta o que se compadece do
pobre, ele lhe pagará o seu benefício” (Provérbios 19:17). Não nos encontrávamos na exata posição
de pobres, mas necessitávamos de ajuda. A condição, no entanto, era que
deveríamos sair em uma hora e assim o fizemos, bem antes do horário que
planejávamos inicialmente.
Antes de deixarmos a cidade passamos na Estação Ferroviária e
imediatamente conseguimos o reembolso de nossas passagens de trens quase
integralmente. Separei esse valor e mais um pouco para cobrir as despesas com a
Van. A viagem foi muito agradável, pudemos ver lindos olivais e caprichadas
plantações de uvas. Durante o percurso, o irmão que nos conduzia recebeu uma
ligação telefônica, sobre a qual nada soubemos até chegar ao nosso destino.
Ao descermos no aeroporto mencionei de pagar pelas despesas,
mas o amável irmão proprietário da Van disse que o telefonema recebido durante
a viagem vinha de uma pessoa que se ofereceu para pagar por aquela viagem. Não
entendemos nada! Pouquíssimas pessoas sabiam da nossa presença ali e muito
menos sobre aquela viagem, mas foi exatamente assim que aconteceu.

No entanto, o mais surpreendente ainda estava por vir…
Com toda nossa farta bagagem nos carrinhos, chegamos com boa
antecedência ao guichê da companhia aérea, quando nos deparamos com um cartaz
indicando que o mesmo havia mudado do terminal um, onde estávamos, para o quatro.
Essa antecedência nos permitiu chegar a tempo no terminal quatro, cujo translado
necessita de ônibus, e ainda, ao pesar a malas, ter tempo suficiente de rearranjá-las
para não pagar excesso de bagagem.
Caso tivéssemos ido de trem, muito provavelmente teríamos
perdido o voo que saiu no horário, ou, na melhor das hipóteses, gastado
desnecessariamente com excesso de bagagem, sem contar o stress e o grande desconforto
a que seríamos submetidos. Somos indignos e imerecedores de tanto cuidado e
carinho por parte do nosso Pai, o que nos faz cada dia amá-Lo mais. Ele cuida
de detalhes em nossa vida terrena, como não cuidaria do nosso futuro eterno?
Chegamos bem à nossa casa, onde tivemos uma encantadora
recepção com muitos amigos. Louvado seja o Senhor, pois tudo o que é de bom vem
das Suas mãos. Contudo, aqui somos apenas peregrinos e forasteiros a caminho da
Pátria Celestial. Perto está o dia de viajarmos nas nuvens com todos os remidos
em direção ao Lar Eterno, onde seremos recepcionados pelo nosso Rei e Salvador
Jesus.
Preparemo-nos pois para apressar essa viagem: “Cristo
aguarda com fremente desejo a manifestação de Si mesmo em Sua igreja. Quando o
caráter de Cristo se reproduzir perfeitamente em Seu povo, então virá para
reclamá-los como Seus” (Ellen G.White, Parábolas
de Jesus
, p. 69).

Acompanhe no Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field