Um ano no campo

Joslaine e Ygor
Hoje faz exatamente um ano que estamos morando no campo. Escrever este texto foi um privilégio na minha vida e na vida do meu esposo Ygor. Pudemos refletir ainda mais o que Deus fez e continua fazendo quando estamos dispostos a obedecer à Sua vontade.
Tivemos muitas dificuldades na nossa vinda e no começo da nossa experiência aqui. Primeiramente porque todos diziam que não conseguiríamos, que nunca havíamos morado num sitio, que era muito solitário, etc. Alguns sugeriram que seria melhor mudarmos aos poucos para ver se iríamos nos adaptar. Ficamos um pouco com medo, mas acabamos decidindo vir com toda mudança.

Sempre vinha à nossa mente alguns textos do livro Vida no Campo da escritora Ellen White:

“Não há uma família em cem que se tenha beneficiado física, mental ou espiritualmente por residir na cidade. Fé, amor, esperança, felicidade podem ser muito melhor alcançados em lugares afastados, onde haja campos, montanhas e árvores” (Vida no Campo, p. 20).
“Não considereis uma privação serdes convidados a abandonar as cidadese mudar-vos para zonas rurais. Aí, ricas bênçãos aguardam aos que delas se quiserem apoderar. Contemplando as cenas da Natureza, as obras do Criador, estudando as obras das mãos de Deus, imperceptivelmente sereis transformados à mesma imagem” (Vida no Campo, p. 22).
“Não era desígnio de Deus que o povo se aglomerasse nas cidades…Ele pôs, no princípio, nossos primeiros pais entre os belos quadros e sons em que se deseja que nos alegremos ainda hoje. Quanto mais estivermos em harmonia com o plano original de Deus, mais favorável será nossa posição para assegurar saúde ao corpo, espírito e alma” (Vida no Campo, p. 11).
Sendo assim, resolvemos seguir o conselho de Deus e viemos pela fé. Entendemos que Deus sempre quer o nosso melhor. Então mesmo sem saber como viveríamos e como seria a nossa adaptação resolvemos confiar.
Vista do nosso sítio
Uma outra inquietude que tivemos foi quanto ao nosso sustento. Havíamos planejado passo a passo a nossa sobrevivência e contamos como certo viver com 40% da renda que tínhamos antes. Chegamos a pensar que estávamos abrindo mão de muita coisa e ficamos até satisfeitos com isso. Porém os planos de Deus foram outros. Esta foi uma lição e tanto! Precisávamos deixar Deus decidir o rumo de nossas vidas. 
Deus nos mandou apenas 20% do valor da nossa renda anterior. Se soubéssemos antes que isto iria acontecer não teríamos forças para tomar a decisão de vir, pois na nossa cabeça seria impossível viver só com esse dinheiro. Hoje temos uma qualidade de vida muito superior gastando muito menos, inclusive na alimentação. Quando vivemos na cidade o consumismo toma conta da nossa vida e o dinheiro não rende. Aqui no sítio temos muita coisa para fazer, para ver, para nos divertir… e o mais importante: não precisamos gastar nenhum dinheiro! Este foi um dos maiores milagres que aconteceu na minha vida. Hoje não tenho necessidade alguma de ficar fazendo compras desnecessárias. 
Ainda tivemos uma outra questão difícil no começo. Sempre contamos com mais uma família para vir conosco, mas na última hora acabaram desistindo. Isso foi realmente frustrante. Hoje entendemos que Deus estava no comando e era Seu plano que partíssemos sozinhos, que vivêssemos um pouco no “deserto”. Quantas lições aprendemos! Ainda precisávamos de momentos a sós com Deus… E hoje se pudéssemos escolher entre vir sozinhos e com mais pessoas, com certeza optaríamos pela escolha de Deus! Como foi maravilhoso para nós estes momentos desolidão, a sós com Deus.
Fazendo novos amigos
Também precisávamos de momentos a sós como casal. Ainda não nos conhecíamos o suficiente, mesmo sendo casados há 17 anos! Passar 24 horas juntos com a mesma pessoa, com pensamentos e ideias tão diferentes não foi nada fácil! Aprendemos a ter mais paciência, mais respeito, compreensão, amor… para que pudéssemos viver em harmonia. Aprendemos também nesse tempo a depender mais de Deus e menos das pessoas. E foi somente quando aprendemos esta lição que Deus nos enviou mais duas pessoas queridas para ficar conosco. Elas chegaram no dia 18/07/2013, quase um ano depois. E com o poder de Deus de convencer os corações e através do resultado que estamos experimentando, mais pessoas estão querendo ser nossos vizinhos!!!
O balanço que fizemos desse ano que passou é que tudo valeu a pena em todos os sentidos! Nós não trocaríamos essa experiência por nada nesta vida!
Gostaríamos de agradecer a Deus pelo Seu cuidado conosco, por nos ter enviado o sustento e pela Sua presença de forma poderosa em nossas vidas!
Espero que esse humilde texto consiga atingir o coração de alguém que esteja na dúvida de tomar essa importante decisão.
Um pouco antes da nossa decisão final de virmos para cá, entrei neste blog e li a experiência da Karina e do Davidson. O testemunho deles só veio acrescentar o desejo que já estava no nosso coração. Podemos dizer que foi o que faltava para a nossa decisão. Que Deus abençoe a vida de cada leitor.

Acompanhe no Facebook

5 Comments

  • Enéias Teles Borges

    Reply Reply 3 de agosto de 2013

    Boa tarde!

    Acabei de adicionar aos meus favoritos. Viver no Campo é privilégio para poucos, infelizmente.

    Sucessos!

  • Luciano Maia

    Reply Reply 7 de agosto de 2013

    Muito bom saber que tem tantas pessoas com o mesmo sonho que eu!!! Deus seja louvado pela vitória de vocês, um dia eu chego lá!!! Só por curiosidade, onde fica esse sítio de vocês (cidade)? Fiquem com Deus!!!

    • Ygor Vendra

      Reply Reply 8 de agosto de 2013

      Que Deus te abençoe!

      Oi Luciano!

      Com certeza você chegará lá! Também começamos com um sonho e hoje
      estamos aqui, graças ao nosso Deus!

      Você poderia me adicionar no facebook?

      Que Deus te abençoe!

  • Fernanda MSS

    Reply Reply 18 de maio de 2014

    Queridos,
    Estou amando o blog.
    Os meus avós viviam no campo e sempre fui crescendo com esse chamado à origem.
    Eu não sei como lidar com os meus pais agora idosos que requerem cuidados e o sonho rural.
    Fiquem em paz e com Deus.
    Abraço fraterno.

Leave A Response

* Denotes Required Field