Ano novo – vida velha?

Bem melhor do que esperar um ano
novo melhor, seria experimentar uma vida nova, não uma vida melhorada, mas uma
nova vida.
Precisamos mais do que nunca
atender ao milenar e divino conselho dado por Jesus a
Nicodemos: “Necessário vos é nascer de novo” (João 3:7).
Imediatamente antes dessa
recomendação Jesus disse: “O que é nascido da carne é
carne, mas o que é nascido do Espírito é espírito”. Veja, querido amigo,
a que maravilhosa conclusão chegou Paulo, sob inspiração, quando escreveu sobre
o novo nascido: “Portanto, agora nenhuma condenação há
para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o
Espírito” (Romanos 8:1). A
partir dessa declaração, podemos dividir a humanidade em dois grupos:
condenados e não condenados.
Jesus ainda esclarece em João 5:24: “Na
verdade, na verdade vos digo que quem ouve a Minha palavra, e crê nAquele que Me
enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte
para a vida”. Sim, o não condenado é aquele que ouve a Palavra e crê em
Deus. Note que não basta crer, pois “até os demônios
creem e estremecem” (Tiago 2:19),
mas é necessário também ouvir, ou seja, atender o que Deus ordena em Sua
Palavra. Assim é o novo nascido, que anda segundo o Espírito. Para pertencer a esse
grupo não basta frequentar uma igreja ou possuir boas intenções; é necessário
ser dirigido pelo Espírito Santo que coloca no coração o verdadeiro amor: a
Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.
“Os que
andam segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne, mas os que são segundo
o Espírito, para as coisas do Espírito” (Romanos 8: 5).  Note
que esses fiéis “são” segundo o Espírito. Não se trata de algo exterior, formal
ou ocasional, também não se refere a uma vida melhorada ou remendada, mas nova vida,
ou seja, vida transformada pelo Espírito Santo, cujo resultado é visível através
dos frutos.
Deus não faz milagres pela metade.
O cego curado por Cristo não se tornou míope, o paraplégico não passou a andar
manquitolando e para a mulher pecadora perdoada, a ordem foi: “Vai e não peques mais” (João 8:11). O resultado final de fazer a vontade de Deus é herdar o
Céu (Mateus 7:21). Aquele que será
levado a habitar com os santos terá aqui nesta terra, antes de findarem estes últimos
momentos de graça, o caráter semelhante ao de Cristo, que é nosso Modelo. Mas
note as palavras do próprio autor de nossa salvação: “E
porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, poucos há que
a encontrem” (Mateus 7:14).
Que nesse novo ano, o seu e o meu
alvo seja viver crucificado com Cristo (Gálatas
2:20
). Você quer seguir a Jesus? Então, renuncie-se a si mesmo, tome a sua
cruz e siga-O (Mateus 16:24), e
desde já desfrute a verdadeira paz que só Cristo pode dar (João 14:27). Junte-se à minoria da Terra, mas à maioria do
Universo.
“Posso
todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13). Que ao entrarmos nesse novo ano, você e eu
sejamos novos nascidos, perdoados e transformados pela graça de Cristo,
inteiramente submissos à vontade de Deus. Que a cada escolha, a nossa oração
seja como a de nosso Senhor Jesus ao Pai: “Não seja
como Eu quero, mas como Tu queres” (Mateus
26:39
).
“Hoje, se ouvirdes a Sua
voz, não endureçais os vossos corações…” (Hebreus 3:15).

Acompanhe no Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field