O segredo da paz

“Às vezes, somos inclinados a assumir o trabalho de Deus e pedir Sua ajuda quando seria melhor se reconhecêssemos o Seu trabalho e cooperássemos com Ele. Quando isso acontece, a paz toma conta do coração. Não haverá menos oração e trabalho, mas a ênfase será mudada. As orações serão feitas com fé. Se, de fato, cremos que Deus age e está interessado na salvação das pessoas, oraremos mais do que nunca; mas deixaremos a responsabilidade com Deus. Em alegria e contentamento apresentaremos o coração a Deus, pois isso é ‘aroma suave’” (Comentário Bíblico Adventista, p. 784).

A verdade é que muitas vezes tratamos Deus como se fosse o gênio da lâmpada. Queremos que Ele nos sirva e atenda nossos infinitos pedidos, sendo que nós é que devemos servi-Lo e fazer a vontade dEle! Se ajustarmos o foco, colocando-nos à disposição dEle, qualquer que seja Sua vontade, a ansiedade dará lugar à paz. Esse é o segredo da paz do verdadeiro cristão: submissão a Deus. Insubmissão – querer fazer a vontade de Deus e a minha ao mesmo tempo, querer assumir o volante e deixar Deus como copiloto – gera angústia e ansiedade. Oremos, portanto, para que Deus nos capacite para reconhecê-lo como Deus soberano e onipotente e aceitá-lo como Senhor da nossa vida!

Que este sábado seja para cada um de nós o que o Criador deseja: um dia de paz e descanso.

Shabbat shalom!

Acompanhe no Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field