Vídeo: Resultados práticos do culto familiar – Daniel, 5 anos, recita Salmo 121

Daniel Curto Ceolin, de 5 anos de idade, sabe de cor mais de 19 passagens bíblicas, em sua maioria capítulos inteiros. Sua mãe, Yáskara, disse que tudo começou quando Daniel tinha apenas 4 anos. Ela decidiu fazer uma surpresa para o marido, Geovane, e começou a ajudar o Daniel a memorizar o Salmo 121 durante o culto familiar matutino. Ao final de uma semana, Daniel já tinha memorizado o capítulo inteiro e surpreendeu o pai no culto de pôr do sol da sexta-feira. À partir de então, Daniel passou a memorizar muitas outras passagens bíblicas e este ano está empenhado em memorizar o Salmo 119.

O método que Yáskara utiliza para ajudar Daniel a memorizar passagens tão longas é simples: ela lê uma frase por vez e pede para Daniel repetir. Se o texto permite, ela também faz gestos para ajudar na memorização. Todos os dias ela repete esse processo, aumentando a quantidade de frases a serem repetidas a cada vez.
Os pais de Daniel afirmam que o culto familiar matutino e vespertino são momentos fundamentais para ensinar verdades bíblicas aos filhos. Daniel tem uma irmãzinha, a Natália, de apenas 2 anos. Ela ainda está aprendendo a falar, mas já balbucia hinos e tenta acompanhar o irmão. O que mais motiva Geovane e Yáskara a priorizarem o ensino da Palavra de Deus em casa, em especial nos cultos, é o texto encontrado em Deuteronômio 6:6 e 7, que diz: “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.”

Em uma visita recente da família ao Ararat, o Daniel gentilmente concordou em gravar todas as passagens que ele já memorizou até hoje. Publicaremos os vídeos semanalmente em nosso site. Não perca!

Acompanhe no Facebook

3 Comments

  • joice

    Reply Reply 20 de janeiro de 2012

    que lindo. ótima dica!

    • Vida Campestre

      Reply Reply 23 de janeiro de 2012

      Oi Joice,

      Eu também gostei da dica! Uma gracinha o Daniel, né?

      Beijos.

Leave A Response

* Denotes Required Field